Bem-aventurado o casal que continua a demonstrar carinho e
consideração um com o outros depois que entusiasmo dos
primeiros anos passou.
Bem-aventurado o casal que é educado e cortês um com o outro
como eles são com seus amigos.
Bem-aventurados são aqueles que tem senso de humor, pois este
atributo é um grande "amortecedor de choques".
Bem-aventurados são aqueles que amam seus companheiros mais do
que qualquer outra pessoa no mundo e que cumprem com alegria
seus votos de casamento com uma vida inteira de fidelidade e
respeito mútuos.
Bem-aventurados são aqueles que alcançam a paternidade, pois os
filhos são herança do Senhor.
Bem-aventurados os que se lembram de agradecer a Deus por sua
comida antes de tomá-la, e que separam tempo para a leitura
de Bíblia e oração diariamente.
Bem-aventurados os cônjuges que nunca levantam a voz para o
outro e que fazem de seu lar um lugar onde palavras
desencorajadoras são pouco ouvidas.
Bem-aventurado o casal que fielmente vai a igreja e que
trabalha junto para a expansão do reino de Deus.
Bem-aventurado o marido e a esposa que sabem lidar com suas
diferenças e se ajustam sem a interferência dos parentes.
Bem-aventurado é o casal que tem um completo entendimento das
finanças e que conseguiu uma parceria perfeita onde todo o
dinheiro está sob o controle dos dois.
Bem-aventurados são o esposo e a esposa que humildemente
dedicam suas vidas e seu lar a Deus e que praticam seus
ensinamentos sendo leais, amorosos e não egoístas.

 

Este poema foi-me enviado pela minha amiga Elisabete Fragoso, e decidi partilhar convosco, e dedicar a todos os casais que conseguem viver com as adversidades da vida.

Obrigado amiga Bjs.

Publicado por paroquiadeodeceixe às 10:45